Atletismo nacional começa preparação olímpica com camping de revezamentos



O 4x100 m masculino, campeão mundial de revezamentos, e o 4x400 m misto já estão com vaga assegurada na Olimpíada. Já o 4x100 m feminino entraria neste momento pelo Ranking Mundial. A equipe vai tentar confirmar a vaga, de fato, no Campeonato Mundial de Silésia, previsto para os dias 1º e 2 de maio, na Polônia. Dentro do programa olímpico iniciado em 2019 a temporada começou com o Camping Nacional de Treinamento de Provas de Revezamento, de quinta-feira (28/1) e domingo (31/1), no Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), em Bragança Paulista (SP), com a participação de 23 atletas – 12 no masculino e 11 no feminino.



O encontro, realizado pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), teve o objetivo de reunir o grupo de atletas que pode representar o País nas provas do 4x100 m masculino e feminino e no 4x400 m misto para os Jogos Olímpicos de Tóquio.



Além dos atletas chamados pela colocação no Ranking Brasileiro de 2020 e por indicação dos responsáveis pelas equipes, o Camping contou com a participação dos treinadores individuais de todos os convocados com a intenção uniformizar a preparação dos atletas fora da seleção. “Passamos orientações importantes no sentido de identificar problemas e colocar algumas noções do que deve ser realizado no dia a dia dos participantes”, disse o treinador Felipe de Siqueira, que ao lado de Carlos Camilo de Oliveira, lidera o grupo do 4x100 m masculino. “Nosso planejamento está sendo feito desde antes do Mundial de Yokohama, em 2019, e o nosso grupo ganhou a participação de boas surpresas da velocidade, que chegaram para reforçar a equipe.”



Além de treinos específicos de aceleração, aproximação, reação visual e habilidades nas trocas de bastão, os atletas passaram por uma bateria de testes, exames e avaliações promovidas pelo Laboratório Olímpico nas áreas da Bioquímica, Fisiologia, Biomecânica, médica, entre outras.



Os atletas fizeram, por exemplo, exames de sangue (uma vez) e de urina (quatro vezes) para avaliações biológicas. Participaram também de palestras, reuniões e coaching. Ao todo, 13 pessoas do COB trabalharam nos quatro dias. As atletas ainda fizeram exames ginecológicos em São Paulo (os únicos realizados fora de Bragança Paulista).



“Fizemos um trabalho mais completo agora do que o realizado no ano passado em Portugal”, lembrou Carlos Alberto Cavalheiro, representante do COB, coordenador geral dos revezamentos e responsável, junto com Katsuhico Nakaya, pela equipe feminina do 4x100 m, referindo-se ao Camping Internacional Caixa – Missão Europa, realizado na cidade de Rio Maior. “A programação prevê novo encontro entre 12 e 14 de março no Rio de Janeiro e novo camping de 16 de março a 24 de abril, em Chula Vista, nos Estados Unidos. Claro que tudo isso é previsto por causa dos problemas provocados pela pandemia.”



No período de treinamento na Califórnia, os atletas devem participar de quatro ou cinco competições individuais e por equipes (4x100 m e 4x400 m), saindo dos Estados Unidos direto para o Mundial de Silésia.



“As atividades estão sendo muito interessantes”, avaliou o velocista Felipe Bardi (SESI-SP), líder do Ranking Sul-Americano dos 100 m, com 10.11. “Tivemos diversos compromissos e a grande oportunidade de reunir o grupo que pode estar na Olimpíada de Tóquio”, completou o velocista, que tirou apenas duas semanas de férias após o Troféu Brasil Caixa de Atletismo, disputado em dezembro, em São Paulo. “Não dá para perder muito a forma num ano tão importante.”



Para Evandro Lazzari, treinador responsável pelo 4x400 m misto, o encontro foi muito positivo. “É sempre uma oportunidade especial reunir o grupo que já participou de outras competições, e de conhecer alguns atletas que nunca participaram da equipe, como os meninos do Maranhão”, disse, referindo-se a João Henrique Falcão Cabral e Marcos Vinícius Moraes. 



Os seguintes atletas participaram das atividades no CNDA por prova: 4x100 m masculino - Paulo André Camilo de Oliveira, Aldemir Gomes Junior, Luís Gabriel Pereira, Derick de Souza, Jorge Henrique Vides, Erik Felipe Cardoso e Felipe Bardi; 4x100 m feminino – Vitoria Rosa, Ana Carolina Azevedo, Bruna Farias, Andressa Moreira Fidélis, Ana Claudia Lemos e Vida Aurora Caetano; e 4x400 m misto - Anderson Henriques, João Henrique Falcão Cabral, Pedro Burmann, Marcos Vinícius Moraes, Lucas Carvalho, Tiffani Marinho, Tábata Vitorino de Carvalho, Cristiane dos Santos, Maria Victoria Sena e Jéssica Roberti da Silva.

(Texto e foto: CBAt)

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Maringá FC e Londrina se enfrentam neste sábado pelo Paranaense 2021