Operário, de Ponta Grossa, é superado pelo América na Série B

O Operário Ferroviário perdeu para o América-MG por 1 a 0, na tarde de sábado (21), no Estádio Germano Krüger, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o alvinegro segue com 29 pontos e na 10ª colocação.


O jogo

O adversário abriu o placar aos três minutos da primeira etapa, com gol de Léo Passos. O Fantasma reagiu e criou chance três minutos depois, quando Thomaz fez jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Ricardo Bueno, na área, cabecear por cima do gol. Aos 29 minutos, Marcelo cobrou escanteio e a bola sobrou para Diego Cardoso cabecear e a bola cobrir o travessão. Dois minutos depois, Tomas Bastos fez bela jogada pelo meio, chutou de fora da área e a bola foi desviada pela defesa adversária. Antes do fim do primeiro tempo, Ricardo Bueno arriscou chute e o goleiro defendeu.


No início da segunda etapa, aos três minutos, o Operário ficou com um jogador a menos com a expulsão de Pedro Ken, mas continuou criando chances e buscando o gol. Aos 24 minutos, Marcelo arriscou chute de fora da área, a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo. Aos 39 minutos, Tomas Bastos cobrou falta e o goleiro saiu para defender. Aos 43, Rafael Chorão cobrou falta, Schumacher desviou de cabeça e a bola foi para fora. Antes do fim do jogo, Lucas Batatinha tentou cruzamento, mas o goleiro ficou com a bola.


O alvinegro iniciou o jogo com Thiago Braga, Alex Silva, Rafael Bonfim, Sosa, Fabiano, Pedro Ken, Tomas Bastos, Marcelo, Thomaz, Diego Cardoso e Ricardo Bueno. Na segunda etapa, entraram Jimenez, Schumacher, Sávio, Rafael Chorão e Lucas Batatinha nos lugares de Thomaz, Diego Cardoso, Alex Silva, Marcelo e Ricardo Bueno.


Avaliação do treinador

Em entrevista coletiva por videoconferência, o técnico Matheus Costa falou sobre a partida. “O jogo praticamente iniciou 1 a 0 e correr atrás do marcador fica mais difícil, ainda mais pelo adversário qualificado. O América se predispôs a jogar no nosso jogo. Tivemos mais de 60% de posse de bola e buscávamos pressionar nosso adversário. Quando a gente errava, o América buscava o contra-ataque. Tivemos algumas oportunidades, principalmente em bolas paradas, mas é jogo de detalhes. Temos que ressaltar o nosso elenco, todos os nossos atletas, que lutaram mesmo com um a menos. A gente que buscava o jogo, mas enfrentamos uma equipe qualificada, que se posicionou muito bem. Acho que o mais justo seria o empate, porque as duas equipes brigaram de igual para igual. Agora vamos recuperar os atletas e buscar na próxima partida esses pontos perdidos”.


Próximo compromisso

O Operário volta a jogar pela Série B nesta terça-feira (24) contra o CSA, às 19h15, no Estádio Rei Pelé.

(Foto: André Jonsson/Operário)


Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Professores da Secretaria de Esportes de Maringá realizam lives dos centros esportivos

Amavolei Maringá larga com vitória na Superliga C masculina