Empresa dá entrada em projeto para construir no Parque de TI de Maringá

 

A Accion é a empresa mais avançada nos procedimentos para construir no Parque de TI em Maringá. A empresa já retirou escritura em cartório, teve pré-projeto aprovado na Secretaria de Planejamento de Maringá (Seplan) e agora protocolou o projeto executivo. "Já contratamos a empresa para fornecer os materiais para a construção", revela o proprietário Edney Marcos Mossambani.

A estimativa de Mossambani é investir R$ 3,5 milhões numa primeira fase da nova sede, que terá 1,6 mil m² num terreno de 2,8 mil m² de frente para avenida Nildo Ribeiro da Rocha. São quatro andares para receber 150 funcionários, triplicando os atuais 50 trabalhadores. Obras devem começar em dezembro.

A empresa preparou um projeto aliando a tecnologia com meio ambiente, convivência entre funcionários e modernidade. Mossambani explica que o ambiente interno foi planejado para áreas de convivência e integração entre os colaboradores.

Todo o projeto do Parque de TI foi elaborado entre empresários e a Software by Maringá dando um visual sofisticado, arrojado e funcional. A frente na avenida Nildo Ribeiro da Rocha não terá entrada para veículos. Projeto prevê harmonização e espaços de convivência entre as praças arborizadas.

O Parque de TI tem área de quase 170 mil m². A primeira etapa teve 12 terrenos somando 28 mil m². A associação Software by Maringá terá sua sede e espaços colaborativos para pequenas empresas no interior do Parque. A segunda etapa será feita em 2021 com mais terrenos licitados numa área de 140 mil m² nos fundos do Parque. Complexo tecnológico também atrairá investimentos para a região como novos comércios e serviços ao redor do Parque de TI.

A diretoria de Inovação da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide) orientou e apoiou empresários e empreendedores. A Prefeitura vai preparar a terraplenagem e abertura das ruas. A primeira fase tem ainda asfalto e galerias para que as empresas sejam instaladas.

CONHEÇA EMPRESAS DO PARQUE DE TI:
• lotes 1 e 2 - Sabium - produz sistemas para varejo
• 3 - Produtec - software para segmento de vestuário
• 4 - GetCard - software voltado transações financeiras
• 5 e 6 - Accion - software industrial
• 7 - Software by Maringá - sede e outras instalações
• 8 - TecnoSpeed - produtos para software
• 9 - Atak Sistemas - software para frigoríficos
• 10 - Ingá Digital - software para área pública
• 11 - Consignet - software para área pública e consignados
• 12 - DB1 Group - software para cooperativas, projetos sob encomenda

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Maringá FC vence Araucária e volta à Primeira Divisão do Campeonato Paranaense

Amavolei Maringá larga com vitória na Superliga C masculina