Maringá FC mostra os últimos reforços para o Paranaense da Segunda Divisão

O Maringá Futebol Clube entrará em campo pela primeira vez fora de casa na divisão de acesso do Campeonato Paranaense 2020. A partida será nesta sexta-feira, 9, às 15h30, contra o Nacional no Estádio Municipal Érich Georg, em Rolândia. Para a partida, o clube contará com duas novidades, o volante Queven da Silva e o lateral esquerdo Guilherme Alves.


Os jogadores foram confirmados e apresentados na tarde desta quinta-feira, 8, e já estão disponíveis para o técnico Beto Portella. O volante Queven, de 21 anos, já atuou pelo Monte Azul, Guarulhos, Kerkyra (Grécia), Mirassol e estava no Monte Azul, de São Paulo. O atleta chega após boas referências recebidas do zagueiro Cezane, que também estava na equipe paulista antes de desembarcar em Maringá.


“Tive o contato da diretoria, fiquei feliz pelo interesse e com certeza, busquei informações com o Cezane que estava comigo no Monte Azul, e as referências foram ótimas. O Maringá tem uma estrutura muito boa, uma gestão muito organizada, transparente e eu acho que essa organização e estrutura é muito importante para o atleta ter tranquilidade para trabalhar”, disse o jogador em sua apresentação.


Já o lateral esquerdo Guilherme Reis, de 22 anos, teve sua formação nas categorias de base do São Paulo e Santos, onde se profissionalizou. Após passagem pelo time da vila, atuou pelo Bandeirantes de Birigui e estava no União Barbarense antes da pandemia. “Estou muito feliz e motivado com esse novo desafio, creio que o objetivo de todos aqui é o acesso e eu vim em busca disso, com essa mentalidade vitoriosa”, projetou o atleta.


Em contrapartida, o clube anunciou que o meia Junior Paraíba e o lateral Enzo, em comum acordo, não fazem mais parte da equipe. 

(Rodrigo Araújo/MFC)


Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Pia Sundhage completa 1 ano à frente da Seleção Brasileira feminina