Atlético vence o América por 2 a 1 pelas semifinais do Campeonato Mineiro

Maior Campeão Mineiro, o Atlético segue firme na luta pelo 45º título estadual. Neste domingo, no Mineirão, o Galo venceu o América por 2 a 1, com gols de Jair e Nathan, e abriu vantagem na semifinal.

Agora, para garantir vaga na decisão, a equipe comandada pelo técnico Jorge Sampaoli precisa apenas de um empate na partida de volta, na próxima quarta-feira (5/8), às 21h30, na Arena Independência.

O jogo começou bastante truncado e sem muitas oportunidades de gol. Aos dois minutos, Guga arriscou de fora da área e a bola desviou na defesa. Savarino cobrou o escanteio pela direita e a defesa americana afastou o perigo.

Em nova tentativa alvinegra, Jair se antecipou na intermediária ofensiva, recuperou a bola e chutou de longe, por cima do gol. O América respondeu na finalização de Ademir, para fora.

No ataque seguinte, Savarino cruzou pela direita e a zaga do América fez o corte pelo alto.

Aos 18 minutos, novamente pela direita, Savarino driblou seu marcador e sofreu falta. Arana fez a cobrança na pequena área, na medida para Jair cabecear e fazer Galo 1 x 0.

O América ameaçou em outra conclusão de Ademir e Réver conseguiu fazer o desvio. Em seguida, após cobrança de escanteio, a bola ficou viva na pequena área atleticana até que Allan apareceu para aliviar o perigo.

Aos 34, em rápido contra-ataque, Keno cortou a jogada para o meio, chutou colocado e a bola saiu por cima do gol, rente ao travessão.

Cinco minutos mais tarde, Arana arrancou na intermediária pela esquerda e tocou para Marrony chutar cruzado, Nathan apareceu do outro lado da área e mandou a bola para rede, ampliando a vantagem: Galo 2 x 0.

O Atlético ainda teve outra chance nos acréscimos, quando Arana recebeu passe de Keno e profundidade pela esquerda e cruzou rasteiro para o corte da zaga.

O Atlético voltou para a o SEGUNDO TEMPO com a mesma formação e o América diminuiu aos quatro minutos, com Ademir, completando cruzamento pela esquerda do ataque.

Aos oito minutos, Jair foi substituído por Hyoran. Keno arriscou de fora da área, aos dez minutos, por cima do gol. Logo depois, em grande oportunidade, Hyoran recebeu grande passe de Nathan e finalizou para a defesa do goleiro Airton.

O Galo teve um gol anulado aos 14 minutos. No lance, Marrony conseguiu encobrir o goleiro com um toque de cabeça, mas a arbitragem assinalou posição irregular do atacante atleticano na origem da jogada.

A segunda mudança no time alvinegro foi a entrada de Marquinhos no lugar de Keno, aos 20 minutos.

O Atlético esteve muito próximo de fazer o terceiro gol aos 25 minutos. Marquinhos arrancou pela esquerda, tocou na área e Nathan conseguiu ótima assistência para Marrony, que concluiu sobre o gol.

Aos 33 minutos, Jorge Sampaoli promoveu outras duas mudanças, substituindo Guga por Mailton e Savarino por Otero.

Nathan sofreu falta perto da área, Otero fez a cobrança e a bola desviou na barreira. No minuto seguinte, Arana cruzou pela esquerda e o goleiro tirou de soco.

Na última chance da partida, Marquinhos dominou a bola pela esquerda, cortou para o meio e chutou colocado para fora.
(Foto: Bruno Cantini / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro)

MAIS...

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Maringá FC vence Araucária e volta à Primeira Divisão do Campeonato Paranaense

Amavolei Maringá larga com vitória na Superliga C masculina