Tábata Vitorino, do atletismo de Maringá, já treina de olho nos Jogos do Japão

Orlando Gonzalez
A maringaense Tábata Vitorino, de 24 anos, é hoje o grande nome do atletismo brasileiro na prova dos 400 metros livres. A atleta aparece entre os principais nomes da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). E, por isso, já tem uma vaga virtual para os Jogos Olímpicos do Japão, em 2021. Se o evento fosse hoje, a atleta, é claro, estaria garantida. Tudo porque atualmente Tábata é a melhor do Brasil. Lidera o ranking brasileiro na prova de 400m. A velocista aguarda apenas a definição do Comitê Olímpico Internacional (COI) para as disputas do Camping Internacional da Europa, que vai acontecer em Lisboa (Portugal), no fim de agosto, na prova definitiva.

Os atletas e técnicos do Brasil já conhecem a talentosa atleta de Maringá. E valorizam as grandes conquistas que a colocaram entre as principais do País. Entre as façanhas da maringaense, que ainda é 3º sargento da Marinha do Brasil, os títulos em Estaduais de Atletismo no Paraná, em Campeonatos Brasileiros de Atletismo, em Campeonatos Sul-Americanos e a conquista do 16º lugar nos XXXI Jogos Olímpicos, além de recordes em campeonatos estaduais e Jogos Brasileiros Escolares da categoria juvenil. Tábata Vitorino tem hoje a décima melhor marca da história da modalidade, na prova dos 400 metros rasos.

A atleta também acabou prejudicada pela pandemia, mas tenta se manter em atividade com exercícios reservados e com as restrições necessárias para evitar qualquer contágio.

 

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense