Sala do Empreendedor em Maringá gerou mais de R$ 2,5 milhões em créditos emergenciais


Desde março, a Sala do Empreendedor, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Seide), concedeu 457 cartas de créditos pelo programa Paraná Recupera, do Governo Federal, totalizando R$ 2,3 milhões. O programa foi criado pelo Fomento Paraná, do Governo Federal, como incentivo emergencial para MEIs, informais, micro e pequenas empresas em razão dos efeitos do coronavírus na economia. Neste ano, Sala do Empreendedor também gerou R$ 2,3 mil com os programas Microcrédito Fácil e Mulher Paranaense.

O diferencial do programa Paraná Recupera é a análise de aprovação do crédito simplificada, dispensando a necessidade de avalista e consulta de débitos, com limites de crédito entre R$1,5 mil a R$ 6 mil para opções com pagamento no prazo de 36 meses, 12 meses de carência e juros de 0,41% ao mês. A única exigência é não ter dívida em aberto com o Governo do Estado. Mais informações também estão disponíveis no site www.fomento.pr.gov.br.

A gerente da Sala do Empreendedor Cássia Mendonça, explica que as linhas de crédito são incentivos para motivar os microempreendedores, principalmente nesse momento de pandemia. São mais de 25 mil microempreendedores cadastrados na Sala no Empreendedor.

Para dar entrada ao crédito é preciso entrar em contato pelo email saladoempreendedor@maringa.pr.gov.br ou WhatsApp (44) 99118-3374, de segunda a sexta, das 8h às 11h30 e das 13:30 às 17h. Veja aqui todos os programas oferecidos pela Sala do Empreendedor.
(Foto: Aldemir de Moraes/PMM)

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Tábata Vitorino, do atletismo de Maringá, já treina de olho nos Jogos do Japão

Athletico x Cascavel vale vaga na final do Campeonato Paranaense

Maringá FC pode ficar sem calendário na temporada 2020