Fiscalização da Prefeitura de Maringá recebe 344 denúncias, vistoria 41 locais


A Fiscalização da Mobilização Integrada recebeu 344 denúncias ontem, 15. Foram feitas 41 vistorias, resultando em 14 orientações e 17 locais fechados. Não houve aplicações de multas. Nem para pessoas, nem para empresas. 

Entre locais vistoriados estavam lojas, lanchonetes, tabacarias, bares, restaurantes, supermercados, carrinhos de lanches, festas, espaços públicos, entre outros. 

Trabalho da fiscalização é preventivo e não punitivo. Proprietários recebem orientações sobre cumprimento dos decretos municipais em prevenção ao coronavírus. Casos de multas são quando descumprimento das normas são reincidentes. 

Grupo de Gestão Integrada sobre Coronavírus (GGI) definiu em reunião na manhã de hoje estratégias para trabalho no final de semana, com reforço nas equipes. Entre focos está aglomerações em espaços públicos que são motivos de denúncias entre sexta-feira e domingo. 

Participam da fiscalização equipes das secretarias da Fazenda (SeFaz), da Saúde, de Mobilidade Urbana (Semob), Meio Ambiente (Sema), Guarda Municipal, Comunicação e apoio da Polícia Militar. Denúncias devem ser feitas no 156 sobre descumprimento do decreto e no 153 ou 190 sobre perturbação do sossego. 

RESUMO 
•  344 denúncias
- 12 sobre perturbação do sossego
- 254 gerais
- 78 sobre decretos
• 41 vistorias
• 17 locais fechados
• 14 orientações
(Texto e foto: Andye Iore/PMM)

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense