Corinthians passa pelo Palmeiras na Arena e segue com chances no Paulistão

Passados mais de quatro meses da última partida oficial, o Corinthians oficialmente voltou a entrar em campo após a paralisação imposta pela pandemia do novo Coronavírus/Covid-19. Pela 11ª rodada do Campeonato Paulista 2020, o Timão teve pela frente o Derby contra o Palmeiras. E após um lamentável episódio ocorrido fora de campo durante a madrugada desta quarta-feira, o Alvinegro entrou na Arena Corinthians e venceu por 1 a 0, com gol marcado pelo zagueiro Gil de cabeça, e assim chegou a 14 pontos no Grupo D.

Timão escalado!
O técnico Tiago Nunes decidiu ir a campo com: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Camacho, Ramiro, Luan e Everaldo; Boselli. No segundo tempo, o técnico promoveu as entradas de Éderson, Janderson, Mateus Vital e Sidcley. Além deles, Walter, Lucas Piton, Bruno Mendez, Araos, Davó e Xavier integraram o banco de reservas.

Homenagem!
Antes da partida começar, o lateral Fagner recebeu uma homenagem por completar 350 partidas com a camisa alvinegra. Seu primeiro jogo foi em 2006, e desde então, ele anotou nove gols.

Bola em jogo
Com o apito inicial, o Timão começou a partida se adaptando ao longo tempo de inatividade. Mas sua primeira chance de gol veio logo aos quatro minutos. Após boa troca de passes na intermediária, Luan serviu Boselli na área. O argentino encontrou Everaldo em velocidade pela esquerda, e o atacante chutou rasteiro, mas o goleiro adversário defendeu.

O Timão seguiu tocando a bola e encontrando o melhor ritmo dentro de campo, até que aos 14 minutos, abriu o placar. Camacho lançou Fagner dentro da área na direita e a zaga afastou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, o próprio lateral cruzou na área e Gil subiu cabeceando firme no chão. O goleiro adversário se enrolou, e a bola morreu no fundo da rede.

Com o gol marcado, o Alvinegro passou a ter maior controle da posse de bola. Os lançamentos para Fagner, na direita, e Everaldo, na esquerda, continuaram acontecendo. Aos 24 minutos, o camisa 23 recebeu na direita, fez boa jogada individual e cruzou na área para o atacante, mas a zaga afastou.

A equipe corintiana seguiu se adaptando no sistema defensivo e saindo com boa troca de passe no campo de ataque. Aos 38 minutos, boa trama entre Fagner e Ramiro fez o lateral sair com liberdade na intermediária. Ele lançou Boselli em profundidade, mas o argentino foi travado na hora do chute.

O árbitro deu três minutos de acréscimo. Aos 46, Camacho lançou Carlos na área. O lateral cabeceou em profundidade para Boselli, mas a zaga cortou antes. Um minuto depois, nova chance do Timão. Camacho conduziu livre pela intermediária e tocou para Everaldo na entrada da área. O camisa 37 driblou a zaga e chutou no ângulo, mas o goleiro pegou. E encerrou assim o primeiro tempo.

A segunda etapa começou melhor para o Timão, que tocava a bola e controlava o jogo à sua maneira. A primeira ocasião de gol veio aos três minutos. Carlos fez boa jogada ainda na defesa e avançou, lançando Ramiro em profundidade. O meia recebeu dentro da área e caiu após trombada com o zagueiro adversário, mas o árbitro mandou o lance seguir.

Aos cinco, nova troca de passes lançou Everaldo livre na área, mas o atacante foi travado na hora do chute. Um minuto depois, Ramiro e Fagner tabelaram e o meia cruzou de primeira para Boselli, mas a zaga afastou. E em seguida, Cássio começou a brilhar. Em jogada rápida pelo chão, Roni chutou rasteiro e o gigante alvinegro defendeu com a perna. Na sequência em cruzamento na área, Vitor Hugo cabeceou e o goleirão espalmou pelo lado.

A partir dali, as duas equipes começaram a se estudar em campo e a partida ficou bem disputada. Aos 19 minutos, Tiago Nunes fez as primeiras substituições no Coringão: saíram Camacho e Everaldo, e entraram Éderson e Janderson. Mas Cássio brilhou com mais três defesas incríveis aos 25, 26 e 27 minutos.

Logo em seguida, Tiago Nunes promoveu outra mudança: saiu Luan e entrou Mateus Vital, e as duas equipes tiveram um tempo para realizar a hidratação. No retorno ao jogo, os três atletas vindos do banco tentaram segurar a bola no campo de ataque, principalmente o camisa 22.

Aos 41 minutos, o árbitro Raphael Claus interrompeu a partida por alguns instantes em virtude de um drone ter sobrevoado o campo. Dois minutos depois, a última mudança feita pelo comandante alvinegro: Ramiro deixou o campo para a entrada de Sidcley. Já nos acréscimos, o Timão teve mais uma chance de gol aos 47 minutos, com Éderson chutando de fora da área e o goleiro defendendo. Foi a última ocasião de gol da partida, que terminou com vitória alvinegra na Arena Corinthians.

Próximo jogo
Agora, o Coringão volta a campo no próximo fim de semana. No domingo (26), o Alvinegro vai até a Arena Barueri para enfrentar o Oeste pela 12ª e última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista 2020.
(Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

MAIS...

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense