Vasco observa condição física da equipe e joga no domingo pelo Carioca


O Vasco entra em campo pelo Campeonato Carioca no próximo domingo (21), contra Macaé, às 16h, no estádio de São Januário,  Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ).  Com apenas dois pontos e na penúltima colocação do Grupo B da Taça Rio, a equipe do técnico Ramon Menezes precisa vencer seus dois últimos confrontos e torcer contra o Madureira e também contra o Volta Redonda para conseguir se classificar para a semifinal do turno.

A tarefa não é nada fácil, ainda mais depois de 77 dias de afastamento dos jogadores. As vitórias neste retorno passam diretamente pelo trabalho do preparador físico Léo Cupertino, contratado em abril, com a aprovação de Ramon. Cupertino acredita no potencial da equipe cruzmaltina, mas lembra que a situação inédita requer alguns cuidados.

“Foram 77 dias parados, mas nós do Departamento de Ciência do Vasco, monitoramos esses atletas, principalmente no mês de maio. Quando os atletas chegaram ao clube, eles mostraram um resultado muito interessante, que não condiz como quando voltam de férias. Mas esse período parado, principalmente sem ter o contato com a bola , os atletas tem sentido muito. Isso é absolutamente normal, tem sido abordado nas reuniões e vem gradativamente diminuindo, as dores musculares com o fortalecimento feito diariamente. É um momento difícil, um momento diferente, com uma imprevisibilidade que nunca aconteceu e a gente espera que os atletas estejam bem para o jogo e possam crescer na competição”.

O preparador físico do Vasco também falou sobre a situação de alguns jogadores. Cotados para começarem entre os titulares no duelo de domingo (21), os argentinos Martín Benítez e Germán Cano surpreenderam Léo Cupertino.

“Falar do Benítez é muito fácil, é um atleta muito dedicado, com espírito guerreiro, tem uma qualidade técnica acima da média, vem se dedicando ao máximo nos treinos. A gente tinha um pouquinho de dúvida em relação a como ele se reapresentaria, mas ele deu uma resposta muito positiva, a gente está muito contente com ele. A gente tem muita esperança que ele possa nos ajudar, é um atleta voluntarioso, com espírito muito aguerrido. O Cano é uma grata surpresa, é um atleta super profissional e a gente está muito satisfeito com o dia a dia dele”.

Quem pode ganhar nova chance e recomeçar na equipe é Bruno César. O jogador chegou a ser afastado do grupo antes da pandemia do novo coronavírus (covid-19), mas com a saída do técnico Abel Braga e o período de paralisação, o meio-campista foi reintegrado ao grupo e tem possibilidade de entrar em campo no domingo. Léo Cupertino não detalhou o atual estágio físico do atleta, mas revelou que Bruno César e os demais jogadores tiveram a carga mais controlada nesta semana

Por outro lado, o Breno não tem previsão de retorno. Ainda se recuperando de duas cirurgias no joelho esquerdo, o zagueiro precisa de mais tempo, como afirma Cupertino.

“O Breno se encontra em uma fase de transição. São seis fases de transição e antes da parada da pandemia o Breno estava na fase cinco. Agora ele teve que dar um passinho atrás. Ele necessita fazer alguns trabalhos que fazem parte do dia a dia. Trabalhos de campo, de imprevisibilidade, para que dê seguimento ao tratamento. Nós ainda não podemos traçar um parâmetro de quando o Ramon vai poder contar com o Breno”.

Nesta quinta-feira (18), o Vasco anunciou a renovação de contrato de Fernando Miguel. O goleiro fica na Colina até dezembro de 2022 e vai ser o camisa 1 da equipe no confronto de domingo contra o Macaé.
(Texto: Maurício Costa/Agência Brasil. Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense