Vôlei de praia maringaense ganha prata e bronze no SuperPraia em Brasília

Orlando Gonzalez
Com assessoria CBV
O vôlei de praia de Maringá subiu ao pódio, neste domingo (25), no Torneio SuperPraia 2019, da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), realizado na arena montada no Parque da Cidade, em Brasília (DF). A medalha de prata veio com Adrielson e o bronze com Arthur Lanci.

Na grande final, Adrielson atuou ao lado do sul-mato-grossense Arthur Silva, contra o campeão mundial André Stein, do Espírito Santo e seu parceiro George, da Paraíba, que venceram a equilibrada partida, por dois sets a um, com parciais de 21 a 17, 15 a 21 e 15 a 13.

Apesar de ter sido superado na decisão, a medalha de prata teve sabor de ouro para Arthur Silva. O jovem bloqueador que treina e mora em Maringá está apenas no primeiro ano como profissional no vôlei de praia e já conseguiu avançar para a decisão da etapa. No caminho até a final, eliminou ninguém menos que Alison, campeão olímpico, e seu parceiro Álvaro Filho, melhor jogador do Brasil na temporada 18/19.

"Foi uma experiência incrível ver como todo esse evento é preparando, a quantidade de pessoas envolvidas na organização e montagem, é uma experiência inexplicável. Antes eu acompanhava isso tudo pela televisão, esses atletas em quadra, representando o Brasil. Eu falava para o meu pai que um dia eu chegaria lá, e acho que estou no caminho certo. Estou colhendo os frutos de tudo que tenho feito nos treinos e na preparação", celebrou.

Na briga pelo bronze, Arthur Lanci atuou ao lado de Saymon, do Mato Grosso do Sul, frente ao carioca Oscar e do baiano Moisés. A vitória de Lanci e Saymon também foi de dois sets a um, em confronto também bastante equilibrado. As parciais foram de 23 a 25, 21 a 18 e 15 a 13.

"O Superpraia é um torneio especial para mim, eu só não avancei para a semifinal em uma das vezes que joguei. É o torneio mais importante na temporada, e fazer dupla com um craque como o Saymon é muito bom. Espero que esse time dê certo, que a gente possa representar bem o Brasil. Eu fico muito feliz de jovens como eu estarem em destaque na modalidade”, disse Arthur, que foi campeão mundial sub-21 em 2016.

O SuperPraia reuniu somente os 16 melhores do ranking nacional e possui a maior premiação da temporada, de $ 50 mil para os campeões. George comemorou.
(Foto: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV)

MAIS...
http://2018.cbv.com.br/noticia/26683/andre-e-george-conquistam-primeiro-titulo-da-parceria-apos-final-emocionante

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense