Maringaense Felipe Drugovich termina em 10º no GP de Silverstone Fórmula 3


Orlando Gonzalez
O maringaense Felipe Drugovich, da equipe Carlinz Buzz Racing, evoluiu em relação à primeira prova do Grande Prêmio de Fórmula 3 da FIA, disputada neste fim de semana, em Silverstone, na Inglaterra. Após o décimo terceiro lugar na primeira corrida, no sábado (13), o piloto conseguiu a décima posição na segunda prova, neste domingo (14). Cresceu de produção nas disputas oficiais, assim como em relação ao vigésimo lugar no grid de largada, mas continua sem pontuar na temporada.

Drugovich, que chegou como sensação na equipe Carlin, em virtude da ótima campanha em 2018 - conquistou o título da Euroformula F3 Open, com 14 vitórias, em 16 provas -, tem encontrado dificuldade para buscar os primeiros pontos na Fórmula 3 da FIA. É que a sua equipe inglesa tem enfrentado problemas de acerto, em especial com os pneus mais duros.

Na corrida deste domingo, Drugovich realizou 20 voltas, com o tempo de 36:12.570, e chegou a 195,008 km/h em sua volta mais rápida, no décimo quinto giro pelo traçado.

O italiano Leonardo Pulcini, da Grande Prêmio Hitech, venceu com o tempo de 35:57.713, seguido pelo russo Robert Shwartzman, da Prema Racing, que registrou 36:00.405. O neozelandês Liam Lawson, da Motorsport, terminou em terceiro, com 36:07.431.

Após quatro etapas, Robert Shwartzman, da Prema Racing, acumula 114 pontos, na liderança. O indiano Jehan Daruvala, da Hitech Grand Prix, é o segundo colocado, com 102 pontos e estoniano Jüri Vips, da Hitech Grand Prix, ocupa o terceiro lugar, com 92 pontos.

A quinta etapa do campeonato vai ocorrer na Hungria, nos dias 3 e 4 de agosto.
(Foto: Instagram piloto)

MAIS...

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Conheça a premiação do Campeonato Paranaense

Maringá Futebol Clube enfrenta o Cianorte pelo Paranaense 2021