MARINGÁ - Qualidade técnica e grande número de equipes é diferencial do Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia

Que o evento tinha recorde de participações os técnicos e atletas escolares participantes do IV Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia já sabiam, o que surpreendeu de maneira mais positiva ainda foi o nível técnico das equipes, incluindo os estados que pela primeira vez disputam uma seletiva brasileira, afirmou Paulo Nascimento, um dos técnicos da delegação do Rio Grande do Norte.

Para Paulo a competição cresceu tanto em quantidade como na qualidade das equipes, tornando o torneio muito mais difícil e competitivo o que valoriza muito mais qualquer resultado obtido: “Nossa perspectiva é sempre buscar o melhor resultando possível e apesar de ser muito difícil tentaremos o bi-campeonato para o nosso Estado como para nossa escola (Facex) que investe no esporte escolar e nos dá todo suporte para isso. Temos o reforço da experiência das atletas Cecilia Gabriela e Millena Santana que foram o destaque do último brasileiro escolar em Sergipe e, também do mundial. Este ano tentaremos mais uma vitória no Sub-16”, disse o técnico.

As partidas pelo Brasileiro Escolar tiveram início na manhã desta terça-feira, nas quadras de areia da Vila Olímpica de Maringá. Estão sendo utilizadas quatro quadras, com jogos simultâneos para viabilizar o grande número de partidas do campeonato. No total, foram disputadas 53 partidas entre as categorias escolar e seleção.

O destaque do dia ficou por conta das equipes que detém os títulos do último brasileiro escolar como Paraíba, Rio Grande do Norte, Sergipe e os anfitriões, Paraná e também de estados estreantes como Amazonas e Acre.

A equipe feminina do Amazonas fez uma partida difícil em sua estreia, na categoria escolar A, contra o forte time de Pernambuco. Começou perdendo o primeiro set por 19x21 mas, já demonstrando uma forte qualidade técnica em quadra o que rendeu, na volta ao segundo set uma diferença de 08 pontos à frente da equipe pernambucana. No terceiro e último set, as amazonenses foram guerreiras, mas, o cansaço e o forte ataque pernambucano acabou sendo decisivo, encerrando o jogo e o set em 13x15. Vitória de Pernambuco por 2x1.

Para o presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná, Clésio Marins Prado, um dos responsáveis pela organização do Brasileiro Escolar, o primeiro dia de competições foi a coroação de todo um trabalho realizado desde o ano passado já na prospecção do campeonato: “ Acredito que estamos abrindo brilhantemente este Brasileiro Escolar de Vôlei de Praia. Toda a equipe da CBDE, juntamente a Federação do Desporto Escolar do Paraná, o Governo do Estado do Paraná e a Prefeitura de Maringá tem se empenhado para receber este, que é o maior campeonato escolar de vôlei de praia que o país já teve. É uma grande responsabilidade sediar e organizar esta competição e, hoje, desde o início da primeira partida até a última no início da noite, pudemos comprovar que estamos no caminho certo para um novo rumo no desporto escolar e na modalidade. As equipes que aqui estão, dos 26 estados participantes, vieram motivadas, com uma qualidade técnica excepcional e com a certeza de que farão história e, os atletas escolares retornarão com muita mais experiência e revigorados para seus estados” disse o presidente.

Amanhã, a partir das 8h, acontece a cerimônia de abertura do Campeonato na Vila Olímpica de Maringá e, na sequência, os estados continuam na briga pelo título brasileiro escolar e pela vaga para representar o Brasil no mundial da modalidade que acontecerá na Polinésia Francesa entre os dias 27 de maio de 03 de junho de 2017.

Acompanhe os resultados das partidas de hoje:
Jogo Seleção Masculino.
Sergipe 2 x 0 Pernambuco (Parciais: 21/ 08 - 21/13)
Categoria Escolar B Masculino:
Goiás : 0 X 2 Rio de Janeiro (Parciais: 4/15 - 4/15)
Seleção Feminino
Tocantins 0 x 2 Rio de Janeiro (Parciais: 08/21 - 06/21)
Categoria escolar B - Masculino 
Bahia 0 X 2 Paraná 1 (Parciais: 5/15 - 6/15)
Escolar A Masculino 
Goiás 2 x 0 São Paulo (Parciais: 18 x 04 / 18 x 13)
Seleção Masculino 
Tocantins 0x 2 Mato Grosso (Parciais: 19/21-13/21)
Categoria Escolar B - Feminino
Rondônia 2 X 0 Acre ( Parciais: 15/12-15/6)
Seleção Feminino
Bahia 1 x 2 Goiás (Parciais: 21/15- 15/21-11/15)
Categoria Escolar B-Feminino 
Rio de Janeiro 2 X 0 Ceará ( Parciais: 15/3-15/4)
Seleção Masculino
Paraná 1 0x2 Rio de Janeiro (Parciais:10/21-13/21)
Categoria Escolar A masculino
Goiás 2x0 São Paulo (Parciais: 18/14-18/13)
Escolar A masculino
Roraima 0x2 Pernambuco (Parciais: 16/18-11/18)
Escolar A Masculino
Paraná1 1x2 Sergipe (Parciais: 15/18-18/14-09/15)
Seleção feminino
Mato grosso 2 x 0 São Paulo (Parciais: 21/09 - 21/08)
Seleção Masculino
Goiás 0 x 2 Paraná 2 (Parciais:07/21-09/21)
Seleção Feminino
Acre 0 x 2 Rio Grande do Sul (Parciais:04/21-04/21)
Escolar B Feminino
Paraná1 2x0 Tocantins (Parciais: 15/04-15/07)
Escolar A Masculino 
Tocantins 2 x 0 Ceará (Parciais:18/16-18/07)
Escolar B Feminino
Pernambuco 2 x 0 Rio Grande do Sul (Parciais:15 x 10 / 15x11)
Seleção Masculino
Acre 1 x 2 Distrito Federal (Parciais: 21x11 / 16x21 / 10x15)
Escolar A Masculino
Bahia 0x2 Paraíba (Parciais: 11x18 / 07x18)
Escolar B Feminino
Rio Grande do Norte 1x 2 Paraná 2 (Parciais: 15x09 / 13x15 / 11x 15)
Seleção Feminino
Rio Grande do Norte 2x1 Roraima (Parciais: 21x17/ 14x21 / 15x12)
Seleção Feminino
Rio Grande do Norte 2x1 Roraima (Parciais: 21x17 / 14x21 / 15x12)
Seleção Masculino 
São Paulo 0x2 Espírito Santo (Parciais: 15x21 /15x21)
Escolar B Feminino
Alagoas 0x2 São Paulo (Parciais: 09x15 / 05x15)
Escolar A Masculino 
Santa Catarina 2x0 Mato Grosso (Parciais: 18x05/ 18x05)
Seleção Feminino
Distrito Federal 0x2 Mato Grosso do Sul (Parciais: 07x21/ 12x21)
Seleção masculino
Pará 0x2 Paraíba (Parciais 03x21 / 06x21)
Seleção Feminino 
Paraíba 2x0 Pernambuco (Parciais: 21x08 /21x09)
Escolar A Masculino
Acre 1x2 Piauí (Parciais: 18x14 / 11x18 / 18x20)
Seleção Masculino
Mato Grosso do Sul 2 x 0 Alagoas (Parciais: 21x12 / 21x13)
Escolar B Feminino
Paraiba 1x 2 Distrito Federal (Parciais: 11x15 / 17x 15 / 14x16)
Seleção Feminino
Paraná2 2x0 Espírito Santo (Parciais: 21 x 08/ 21x 17)
Escolar A Masculino
Minas Gerais 0x2 Paraná2 (Parciais: 18x02 / 18x05)
Escolar B masculino
Ceará 1 x 2 Pernambuco ( Parciais: 15x010 / 01x15 / 09x15)
Seleção Feminino
Ceará 2x0 Santa Catarina (Parciais: 21x10/ 21x09)
Escolar B masculino
Ceará 1 x 2 Pernambuco (Parciais: 15x010 / 01x15 / 09x15)
Seleção Feminino
Ceará 2x0 Santa Catarina (Parciais: 21x10/ 21x09)
Escolar A Feminino
Minas Gerais 1 x 2 Sergipe (Parciais: 11x18/ 18x11 / 12x15)
Escolar B masculino
Rio Grande do Norte 2x0 São Paulo (Parciais: 17x15 / 15x07)
Seleção Masculino 
Amazonas 0x2 Rio Grande do Norte (Parciais: 11 x 21/ 14 x 21)
Escolar B Masculino 
Minas Gerais 0x2 Santa Catarina (Parciais: 02x15 /16x14)
Escolar A Feminino
Amazonas 1x2 Pernambuco (Parciais: 19x21 / 18x10 / 13x 15)
Seleção Masculino
Minas Gerais 0x2 Roraima ( Parciais 17x21/07x21)
Escolar A Feminino
Parana1 1x 2 Distrito Federal (Parciais 16x18 / 18x06 / 09x15)
Escolar B Masculino
Rondônia 2x0 Espirito Santo (Parciais 15x10 / 16x14)
Escolar A Feminino
Parana2 1x2 Rio Grande do Norte ( Parciais 20x18 / 13x18 / 04x15)
Escolar A Feminino
Ceará 2x0 Santa Catarina (Parciais 18x13 / 18x10)
Seleção Masculino 
Espirito Santo 2x0 Ceará (Parciais 21x13 / 21x19)
Escolar B masculino 
Tocantins 0x2 Piauí (Parciais 14x16/ 15x13)
Escolar A Feminino
Rio de Janeiro 2x 0 Goiás (Parciais 18x06/ 18x02)
Escolar A Feminino
Roraima 2x0 Espirito Santo (Parciais 18x12 /18x07)
Seleção Masculino
Rondônia 0 x2 Rio Grande do Sul ( Parciais 15x21 / 16x21)
Escolar A Feminino
Paraíba 2x0 Acre (Parciais 18x07 / 18x15)
Mais informações para a imprensa:
midiactuscomunicacao@gmail.com - Alexandra Alves - (11) 97325.5487

Fotos: Orlando Gonzalez



Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense