Morre Juarez Artur Arantes, o homem mais rico de Maringá



 O produtor agropecuário Juarez Artur Arantes, 81 anos completados no dia 8, faleceu na noite de ontem. Ele estava internado havia mais de uma semana na Santa Casa e era conhecido por ser o homem mais rico de Maringá e uma pessoa excêntrica. (Informação do jornalista Angelo Rigon, do Portal Maringá News!)

Juarez morava num apartamento do Hotel Deville, onde enfrentou despejo judicial por causa do vício do cigarro, e demandava na justiça com familiares. De Estima-se que era proprietário de dezenas de imóveis, incluindo várias fazendas pelo Brasil. Juarez também residia num hotel em Sandolândia (TO), onde tinha propriedade rural de 3.302,37 hectares. Durante anos ele circulava em um Del Rey azul 1986. Em 2008 ele foi candidato a vice-prefeito de João Batista Beltrame, o Joba, pelo Partido Verde.

Consta que ele havia sofrido um acidente vascular cerebral e teria ficado por cerca de 8 horas caído no chão de seu apartamento. Como não apareceu para tomar café e almoçar, funcionários do hotel tiveram que derrubar a porta. Sua situação agravou-se no hospital, com problemas cardíacos e o surgimento de um coágulo no cérebro. Ele teria se reconciliado com alguns familiares no hospital.

De acordo com o site do Prever, Juarez Arantes, que nasceu em Itirapuã (SP), terá sepultamento direto, às 14h, no Cemitério Municipal de Maringá. Consta como causa da morte a covid-19.

(Foto: AtitudeTO)

Comentários