Maringá City prorroga o prazo de inscrições do Prêmio Práticas que Transformam



A Prefeitura de Maringá prorrogou para o dia 27 de agosto o prazo de inscrições do Prêmio Práticas que Transformam “Aliando Inovações e Boas Ações” da Secretaria de Educação, com apoio da Secretaria de Assuntos Metropolitanos e Institucionais e da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep). O prêmio tem como objetivo incentivar o desenvolvimento de boas práticas pedagógicas e de gestão nas unidades escolares de Maringá e cidades da região.

 
Os melhores projetos serão premiados com notebooks, televisores e bolsas de estudo. A Secretária de Educação, Tania Periotto, reforça que podem participar do prêmio todos os trabalhadores do setor. “Não é apenas para professores. A ação também é destinada para gestores, servidores administrativos e operacionais das escolas e centros de educação que ofereçam Educação Infantil e Ensino Fundamental”. 
 
Os projetos devem ter como base o desenvolvimento e melhoria da aprendizagem por meio de ações pedagógicas com resultados práticos e que potencializam a promoção do processo ensino-aprendizagem. O prêmio é dividido em duas modalidades. Uma é a “A” (Pedagógica) que vai abranger os ensinos regular, integral, EJA, Infantil e Atendimento Educacional Especializado (AEE). A modalidade “B” (Administrativo/Operacional) vai receber inscrições de práticas desenvolvidas nas unidades escolares, assim como ações que melhoraram as condições de trabalho no contexto atual de enfrentamento à pandemia de coronavírus.
 
Os projetos poderão ser inscritos em cinco categorias: Promoção do ensino/aprendizagem e recuperação de conteúdos (na modalidade A); Enfrentamento à Covid-19 (modalidades A e B); Inovação e práticas inovadoras (A e B); Motivação para o retorno presencial (A e B); e Organização e cuidado com o espaço escolar (B).
 
O formulário para inscrição e mais informações sobre o Prêmio estão disponíveis no link.

Premiação
1) Promoção do ensino/aprendizagem e recuperação de conteúdos (1 notebook)
2) Enfrentamento à Covid-19 (2 TVs: uma para cada modalidade)
3) Inovação / práticas inovadoras (Bolsas de estudo integrais na UNIFCV: uma para cada modalidade)
4) Motivação para o retorno presencial (2 notebooks: uma para cada modalidade)
5) Organização e cuidado com o espaço escolar (1 notebook)
(Foto: Mileny Melo/PMM)

Comentários