Nadadores do Brasil ganham cinco provas no segundo dia do Open de Loulé

Os atletas brasileiros tomaram conta das piscinas públicas de Loulé neste sábado (15). No segundo dia de competição, em Portugal, o Brasil venceu cinco provas. Murilo Sartori, Gabriel Santos, Felipe França, Pedro Spajari e o revezamento 4x100m livre venceram suas séries.



O dia era recheado de provas rápidas, e o Brasil brilhou. Nos 50m livre, Pedro Spajari e Marcelo Chierighini estiveram entre os mais rápidos. Spajari foi o mais veloz do dia com 22s53, enquanto Chierighini teve o terceiro melhor tempo: 23s03. Marco Antonio Ferreira Junior terminou em sexto com 23s31.



No revezamento 4x100m livre, o Brasil chegou a fazer uma dobradinha. Equipes A e B nadaram juntas braçada a braçada. A equipe A, formada por Breno Correia, Pedro Spajari, Marco Antonio e Murilo Sartori, venceu com 3m18s59. A equipe B, formada por Marcelo Chierighini, Gabriel Santos, Leonardo Santos e Fernando Scheffer, foi desclassificada.



"Foi um ótimo resultado para a nossa equipe. Tanto nos 50m livre, quanto no revezamento. Essa retomada tem sido muito importante para nós. Amanhã temos os 100m livre e espero a torcida de todos", disse Spajari.



Nos 100m peito, Felipe França foi o mais rápido e terminou a prova em 1m02s22. Já nos 50m borboleta, Gabriel Santos também completou em primeiro com 24s37.



“Achei bem legal por ter a oportunidade de competir depois de três semanas de treino. É importante para a gente e para os nossos treinadores saberem a direção do treinamento. Achei uma prova equilibrada, controlada, não foi desesperadora. O resultado foi bom, bem próximo do que eu fazia antes da pandemia”, falou Gabriel.



Depois de vencer os 200m livre na primeira etapa, Murilo Sartori caiu na piscina de Loulé para os 400m livre para ser o mais rápido novamente: 3m52s53. Fernando Scheffer completou a prova em quarto com 3m55s71, Alexandre Finco em sexto com 3m56s71 e Diogo Villarinho em 11º com 4m01s34.



“A prova foi muito boa. Dentro da estratégia que estabelecemos. Agora é voltar para Rio Maior e acertar o que tivermos para acertar”, disse Murilo.



Na mesma prova entre as mulheres, Viviane Jungblut repetiu o resultado do primeiro dia. Terminou os 400m livre em segundo com o tempo de 4m14s98 e seria medalha de prata, se houvesse premiação com medalhas na competição.



A competição segue neste domingo, último dia de disputas do Open de Loulé. As provas começam às 14h (de Brasília) e a CBDA acompanha tudo em Tempo Real no Twitter (www.twitter.com/cbdaoficial).



Resultados do segundo dia


400m livre feminino



Viviane Jungblut – 4m14s98 – prata



400m livre masculino



Murilo Sartori - 3m52s53 - ouro



Fernando Scheffer - 3m55s71 – 4º



Alexandre Finco – 3m56s71 – 6º



Diogo Villarinho - 4m01s34 – 11º



50m borboleta



Gabriel Santos - 24s37 – ouro



100m peito



Felipe França – 1m02s22 – ouro



50m livre



Pedro Spajari - 22s53 - ouro



Marcelo Chierighini - 23s03 - bronze



Marco Antonio - 23s31 - 6º



200m costas



Leonardo Santos – 2m10s20 – 6º



4x100m livre



Brasil A (Breno Correia, Pedro Spajari, Marco Antonio e Murilo Sartori) – 3m18s59



Brasil B (Marcelo Chierighini, Gabriel Santos, Leonardo Santos e Fernando Scheffer) – DSQ.



Provas deste domingo


800m livre masculino: Diogo Villarinho, Alexandre Finco e Fernando Ponte.



1500m livre feminino: Viviane Jungblut



50m peito masculino: Felipe França



100m costas: Guilherme Guido



100m livre: Marco Antonio Ferreira Junior, Pedro Spajari, Breno Correia, Gabriel Santos e Fernando Scheffer.

(Foto: Federação Portuguesa de Natação)


Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense