Revista da UEM é a de maior impacto na América Latina, diz Scopus


A base Scopus, que possui o maior banco de dados internacional de resumos e citações da literatura científica e de fontes de informação em nível acadêmico, na Internet, considera a revista Acta Scientiarum-Agronomy, da Universidade Estadual de Maringá (UEM), como a de maior impacto da América Latina. 

“A Scopus leva em consideração a contagem de todas as citações recebidas por uma publicação em um ano. Esse número é dividido pelo número de documentos indexados na Scopus, publicados nos três anos anteriores ao ano calculado”, explica Cicilia C. de Maria, Bibliotecária da Editora da UEM (Eduem). 

A Acta Scientiarum-Agronomy obteve significativo aumento de citações no período de 2018 (32 citações) a 2019 (68 citações). Em 2020, até a data de 21 de julho, já são 46 citações. “Esta evolução da revista deu-se, sobretudo, pelo comprometimento e empenho dos editores da revista Agronomy em buscar parcerias internacionais”, esclarece o diretor da Eduem, José Paulo de Souza.

A revista obteve um resultado expressivo na avaliação pelo SJR-Scimago Journal & Country Rank, obtendo o impacto no SJR de 0,761, em 2019, o que a coloca como a revista científica de maior impacto na América Latina.

No mundo, a Acta Scientiarum-Agronomy ocupa a posição 59 entre 340 periódicos indexados nessa base de dados, na área de Agronomia, permanecendo no Quartil 1 (Quartile Q1). “Esse resultado faz com que a Acta Agronomy seja a primeira revista, em impacto, no Brasil, na América Latina, na África, na Ásia, na Região Pacífica e na Europa Oriental. Na América do Norte, a Acta Scientiarum-Agronomy ocupa a posição 14 entre 66 periódicos e, na Europa Ocidental, ocupa a posição 45 entre 145 periódicos”, enfatizam os editores da revista Alessandro Lucca Braccini e Carlos Alberto Scapim.
(Comunicação UEM)

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Maringá FC mostra os últimos reforços para o Paranaense da Segunda Divisão

Pia Sundhage completa 1 ano à frente da Seleção Brasileira feminina