Paulinho, ex-Corinthians, comemora aniversário neste sábado

Um dos maiores ídolos da história recente do Corinthians está fazendo aniversário neste sábado (25). O volante Paulinho, que ganhou quase tudo que era possível com a camisa alvinegra em apenas três temporadas, completa 32 anos – parte deles dando muitas alegrias à Fiel Torcida.

José Paulo Bezerra Maciel Junior, o Paulinho, nasceu na capital paulista em 25 de junho de 1988. Ele deu os primeiros passos no futebol no Juventus, onde, ainda adolescente, chamou a atenção do FC Vilnius, da Lituânia. Ficou lá uma temporada e depois foi negociado com o futebol polonês, indo para o LKS Lodz.

Em 2008, Paulinho decidiu voltar para o Brasil e assinou com o Pão de Açucar – hoje o Grêmio Osasco Audax – para disputar a quarta divisão do Paulistão. No ano seguinte, foi contratado pelo Bragantino, onde se destacou. Lá, em 2010, fez um grande Campeonato Paulista e atraiu os olhares da cúpula corinthiana, sendo contratado em abril daquele ano, após a disputa do estadual.

Paulinho estreou pelo Timão em um amistoso diante do Botafogo, fora de casa, em 25 de abril. Seu primeiro jogo oficial veio dez dias depois, contra o Flamengo, pela Conmebol Libertadores. Em ambas, entrou no segundo tempo. Mas logo iria ganhar mais espaço no time. Seu primeiro gol com a camisa alvinegra veio logo em um clássico: na vitória sobre o Santos por 4 a 2, em 30 de maio.

Titularíssimo já em 2011, Paulinho foi um dos nomes da conquista da quinta taça do Campeonato Brasileiro da história do Timão. Foi, ainda, eleito o melhor volante da competição. Mas ainda faria mais: em 2012, destacou-se na campanha do título da Libertadores daquele ano, principalmente ao marcar, de cabeça, o gol da vitória sobre o Vasco por 1 a 0 no finalzinho do segundo tempo, classificando o Coringão.

Mesmo cobiçado pelo futebol europeu após a conquista inédita alvinegra, o camisa 8 alvinegro manteria a dupla de volantes com Ralf por mais um ano. Assim, conquistaria o segundo Mundial de Clubes da Fifa para o Timão ainda naquele ano, e mais dois títulos: o do Paulistão e da Recopa Sul-Americana, ambos em 2013.

Após mais um início de ano em alta, Paulinho foi vendido para o Tottenham (ING). Lá, não teve tantas oportunidades, mas ainda assim continuou sendo convocado para a Seleção Brasileira, disputando a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Em seguida, transferiu-se para o Guangzhou Evergrande (CHN), ficando de 2015 a 2017. Em grande fase no clube e principalmente na Seleção, foi comprado pelo Barcelona (ESP). Ficou por uma temporada, e depois retornou ao time chinês.

Pelo Corinthians, Paulinho marcou 34 gols em 167 partidas. Também, é o volante com mais gols anotados com a camisa do Brasil, 13 no total, em 56 partidas.

O clube dá os parabéns e deseja muitas felicidades ao seu ex-atleta e ídolo alvinegro.
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

MAIS...

 

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Giovana Marinoski disputa o Open do Sul-Brasileiro no Beto Carrero

Maringá Futebol Clube anuncia mais 3 reforços para a Segundona do Paranaense