Cruzeiro conquista vitória convincente no Campeonato Mineiro

Após 133 dias longe das competições, o Cruzeiro voltou aos jogos na manhã deste domingo, no Mineirão, e, com uma atuação segura, sempre em busca do ataque, derrotou a URT, de Patos de Minas, por 3 x 0, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Os zagueiros Cacá e Marllon, e o atacante Thiago marcaram os gols da Raposa, que volta a campo na noite da próxima quarta-feira, contra a Caldense, em Poços de Caldas, em jogo que vale vaga na semifinal da competição.

Por causa da proibição de torcedores no estádio em função da pandemia de Covid-19, a maior torcida de Minas Gerais não pode lotar o Gigante da Pampulha, mas acompanhou de casa, através do ingresso virtual, conteúdos exclusivos sobre a partida e sobre a preparação da equipe para a volta aos jogos.

Várias outras ações foram adotadas pelo Clube para minimizar a ausência da China Azul no Mineirão e diminuir a saudade e a distância do torcedor com o Cruzeiro, como o som ambiente com os tradicionais cânticos da maior torcida de Minas Gerais durante o jogo, narração ao vivo do confronto, show de música, dentre outras.

O jogo
O Cruzeiro começou muito bem a partida, buscando o ataque e com uma marcação forte sobre o adversário, que não conseguia sair da defesa. A estratégia do técnico Enderson Moreira surtiu efeito rapidamente e o primeiro gol não demorou a sair.

Logo aos 3 minutos, Régis recebeu de Ariel Cabral de dentro da área e quase marcou, não fosse grande defesa do goleiro Cris. Na sequência, após cobrança rápida de escanteio, Raúl Cáceres cruzou para a área e Cacá marcou, de cabeça. Cruzeiro 1 x 0.

Aos 11, Régis roubou a bola na entrada da área e tocou na medida para o garoto artilheiro Thiago marcar, sem chance alguma para o goleiro adversário. Cruzeiro 2 x 0.

Sufocando a equipe de Patos de Minas, a Raposa quase ampliou aos 14 minutos. O atacante estreante Stênio, que veio da base cinco estrelas, fez grande jogada individual de fora da érea e chutou colocado, mas Cris defendeu e colocou para escanteio.

O domínio celeste era tão grande, que a URT só chegou pela primeira vez até a área do goleiro Fábio em uma cobrança de falta, aos 21 minutos, que a defesa do Cruzeiro cortou sem dificuldades.

No contra-ataque, Thiago esteve muito próximo de fazer o segundo dele, mas antes de finalizar, cara a cara com o goleiro Cris, foi desarmado pelo zagueiro Davy Einstein.

A URT chegou com perigo ao ataque somente aos 42, em uma cobrança de falta que Rodolfo cabeceou acima do gol de Fábio.

Com grande atuação, o estreante Régis teve duas chances para marcar nos momentos finais do primeiro tempo, em um chute de dentro da área, cima do gol, e uma falta cobrada, que Cris fez outra importante defesa.

Segundo tempo

Em busca de um placar mais dilatado, o time celeste iniciou a etapa final com a mesma determinação, envolvendo o adversário, e marcou mais um aos 8 minutos, através de Marllon, aproveitando rebote do goleiro Cris, após cruzamento de Stênio. Cruzeiro 3 x 0.

Aos 20, Régis recebeu lançamento na direita e tocou para Patrick Brey, que chutou forte, acima do gol.

A Raposa seguiu pressionando o adversário e quase ampliou em um cabeceio do paraguaio Cáceres, após lançamento de Patrick Brey, mas a bola saiu à esquerda do gol.

O meia Régis voltou a aparecer no ataque, recebeu passe de Stênio dentro da área e chutou na saída do goleiro Cris, que fez outra grande defesa.

Aos 44, Filipe Machado cobrou a falta pela esquerda e o goleiro Cris saltou no ângulo, evitando o quarto gol da Raposa.
(Texto: Cláudio Antonio. Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

MAIS...

Comentários

+ lidas nos últimos 30 dias!

Mega-Sena acumula

Maringá FC mostra os últimos reforços para o Paranaense da Segunda Divisão

Professores da Secretaria de Esportes de Maringá realizam lives dos centros esportivos